Julho 2007

Acompanhar o movimento do mundo

«Não podemos parar quando o mundo inteiro à nossa volta está em movimento», defendeu Doutor Giorgio Napolitano, Presidente da República italiana, citando o político Jean Monnet, figura central da criação da Europa comunitária.

Para o Chefe de Estado italiano, e seguindo a essência das organizações COTEC, as culturas, as sociedades e as instituições devem renovar-se a fim de «evitar que a Europa fique à margem do movimento do mundo».

O caminho para esse contributo renovador é claro para o Doutor Giorgio Napolitano: «A inovação em matéria das tecnologias ambientais e o desenvolvimento das energias renováveis representam sectores de alto potencial de crescimento e constituem uma oportunidade económica para o nosso Continente».

Dado que a costa do Mediterrâneo é uma das zonas do globo mais expostas aos riscos das alterações climáticas, este pode ser, na opinião do Presidente da República de Itália, um dos campos de «frutuosa colaboração» entre Portugal, Espanha e Itália, e um passo na realização de uma acção em sintonia, para concretizar o «relançamento do espírito e do método comunitário».

Subscreva a nossa newsletter
Preencha corretamente os campos
Pesquisa
Escreva o que pretende procurar
Resultados da pesquisa
Sugerir a um amigo