Julho 2007

Converter conhecimento em valor económico

Fazendo a apologia de alianças estratégicas e de redes de inovação europeias, Dr. Artur Santos Silva, Presidente da COTEC Portugal, defendeu a transferência de conhecimento para as empresas, o que, na perspectiva das organizações COTEC, é um passo essencial para a inovação. Mais do que a geração de conhecimento, a inovação é a «conversão do conhecimento em valor económico».

«Todos nós [COTEC Portugal, COTEC Espanha e COTEC Itália] temos procurado reunir esforços na identificação de características comuns às economias e às empresas dos nossos Países e na atenção que estas características que nos diferenciam devem merecer por parte da União Europeia no desenho das suas políticas e dos seus programas de Investigação, Desenvolvimento e Inovação (IDI)», explicou.

O Dr. Artur Santos Silva sublinhou ainda que o apoio a projectos que estimulem a transferência de tecnologia em matéria de inovação é imperativo: «Têm de ser afectados mais fundos à transferência de conhecimento, em particular para as PME, e não tanto à geração de conhecimento, que está ligada apenas aos pólos tecnológicos e às universidades».

 

O Presidente da COTEC Portugal explanou ainda que a proposta inicial da COTEC Europa apresentada durante o Encontro pretende, entre outras coisas, estimular o aparecimento noutros países europeus de instituições que queiram assumir a missão COTEC e «identificar novas oportunidades para a política de inovação da União Europeia nos nossos Países».

Consulte, na íntegra, o discurso do Dr. Artur Santos Silva

Subscreva a nossa newsletter
Preencha corretamente os campos
Pesquisa
Escreva o que pretende procurar
Resultados da pesquisa
Sugerir a um amigo