Julho 2007

Desenvolver o triângulo do conhecimento

Para Sua Majestade, O Rei Don Juan Carlos de Espanha, os países do Sul da Europa têm de desenvolver o chamado «triângulo do conhecimento»: «Um triângulo que pretende, por um lado, facilitar o acesso de todos os cidadãos ao mais alto nível de educação; por outro lado, impulsionar eficazmente a investigação científica e tecnológica; e, por último, promover a melhor utilização destes conhecimentos».

A inovação é, por isso, a seu ver, a «geração e utilização de conhecimento», conhecimento esse que constitui a maior vantagem competitiva dos países europeus na economia global, onde não conseguem competir em termos de preços baixos. «Somos obrigados a oferecer produtos e serviços com alto valor acrescentado, justificando o pagamento de um preço mais alto. Um valor acrescentado que deriva quase exclusivamente de um melhor e mais moderno conhecimento, explicou Sua Majestade O Rei de Espanha.

Certo de que o maior activo que as sociedades de hoje dispõem é o seu capital humano, Sua Majestade O Rei de Espanha defendeu a aposta na educação: «A formação integral de uma pessoa, preparando-a para compreender, valorizar e aplicar qualquer tipo de conhecimento, constitui o melhor investimento que podemos realizar».

Ainda assim, salientou que, sendo a posse de conhecimento uma condição necessária para gerar bem-estar, ela é «insuficiente», uma vez que essa condição só se consegue através da «transformação do saber em riqueza».

Subscreva a nossa newsletter
Preencha corretamente os campos
Pesquisa
Escreva o que pretende procurar
Resultados da pesquisa
Sugerir a um amigo