Transferir tecnologia para as empresas

«É necessário introduzir urgentemente nos nossos sistemas de investigação critérios de organização e de avaliação mais avançados, capazes de facilitar o processo de transferência de tecnologia para as nossas empresas», sublinhou o Professor José Angel Asiaín, Presidente da Fundación COTEC na sua intervenção.


«Nesta altura» – explicou o Presidente da COTEC Espanha – «já não podemos ter nenhuma dúvida de que a melhor fonte de ciência e tecnologia de que dispomos nos nossos países é a investigação desenvolvida nas universidades e pelo Estado».

A transferência desse conhecimento é imperativa uma vez que para enfrentarem o mercado global as empresas necessitam de vantagens competitivas que, garante o Professor José Angel Asiaín, só podem surgir de um «uso mais inteligente e mais frequente da tecnologia». «Porque só os produtos com melhor prestação se podem manter nesse mercado global», acrescentou.

A globalização é ainda mais dura para as PME, na base das economias espanhola, italiana e portuguesa porque enfrentam «extremas dificuldades para empreender actividades inovadoras», explanou o representante da COTEC Espanha. As PME têm, por isso, de recorrer com mais frequência ao conhecimento para aumentarem a sua produtividade e competitividade.

Consulte, na íntegra, o discurso do Professor José Angel Asiaín

Subscreva a nossa newsletter
Preencha corretamente os campos
Pesquisa
Escreva o que pretende procurar
Resultados da pesquisa
Sugerir a um amigo