Publicado a 14 de julho de 2017

Apresentação dos 15 Projetos do COHiTEC 2017

Os 15 projetos que terminaram com sucesso a edição de 2017 do Programa COHiTEC foram apresentados publicamente no dia 11 de julho na Reitoria da Universidade Nova de Lisboa. Um sistema de gestão florestal,  um kit para diagnóstico da depressão, uma bateria com elevada capacidade de armazenamento de energia e um alimento probiótico para aquacultura foram algumas das ideias de negócio apresentadas.

 Conheça os Projetos de 2017 do Programa COHiTEC:

 

    

ABZISA: 
Sistema de Decisão florestal baseada em Drones e Web (Albatroz Engenharia e Instituto Superior de Agronomia)

Este projeto propõe aos gestores florestais um serviço baseado na web, abrangendo todas as etapas do processo de decisão, desde inspeções de campo com sensores automatizados, incluindo drones, diagnósticos automatizados até ao projeto e monitorização de indicadores de desempenho para ativos florestais usando a inteligência artificial e o conceito de “big data“. O serviço tem por base o desenvolvimento de três produtos principais: inventário (cada árvore tal e qual como é e quanto mudou desde a última pesquisa), “Forecast” (como evoluirá dependendo das ações dos gestores) e “Plant Health” (ferramentas fito-sanitárias para minimizar a qualidade, volume ou perdas de crescimento).

   

BestHealth (BestHealth4U)

Existem atualmente cerca de 5 milhões de utilizadores de dispositivos médicos de ostomias de eliminação. Os adesivos usados nestes dispositivos sofrem da dualidade da sua aderência, que depende da cola utilizada. Caso esta seja fraca o material perde a aderência rapidamente e tem que ser substituído, mas se ela for forte vai danificar a pele. Para além disto, a reação alérgica à cola é um efeito secundário associada à sua utilização destes materiais.
A BestHealth4U, Unipessoal Lda., é uma empresa portuguesa que devido ao problema dos atuais adesivos, a empresa desenvolveu um adesivo inovador, que tem como base polímeros modificados e com afinidade com a água, existente na superfície da pele.

   

Chem2Induce: 
Creating value by listening to bacteria (ITQB - Univ. NOVA de Lisboa)

Para os CMO (contract manufacturing companies) da indústria de fermentação, que necessitam de melhorar o rendimento da produção de proteínas pelo menos em 10% ou torná-lo um processo mais rápido, C2I é um composto natural e não tóxico que irá permitir aumentar o rendimento de produção de produtos de elevado valor no mercado entre 20% e 50% e ainda reduzir o tempo total de fermentação (12h). Comparado com outros indutores de fermentação ou bactérias geneticamente modificadas, o nosso produto irá permitir, pelo menos os mesmos resultados, usando menos quantidade de produto.
   

GENeSIS: 
A criar novas soluções de energia (FCT - Univ. NOVA de Lisboa)

O projeto GENeSIS está focado no desenvolvimento de uma tecnologia de eletrólitos em forma de gel à base de polímeros - o GENeLYTE - para baterias recarregáveis mais duradouras e seguras. O projeto criou uma solução inovadora para a obtenção de eletrólitos quase sólidos, versáteis e facilmente processáveis que permitem a produção de baterias de polímero de iões lítio de alto desempenho. O objetivo é responder à crescente procura por mais e melhores opções de armazenamento de energia.

 

   

Harvenergy
: Energia renovável por levitação magnética (Univ. de Aveiro)

O objetivo da equipa é desenvolver e comercializar um produto (WeSea) que contém uma tecnologia que converte o movimento do mar em energia elétrica usando levitação magnética. Trata-se de uma boia que apresenta custos de produção, instalação e manutenção mais baixos que os produtos da concorrência. A boia fornece energia renovável sem sistemas mecânicos e de ancoragem. Pode ser instalada em parques eólicos offshore, sendo capaz de aproveitar 50% da capacidade da rede disponível. A nossa estratégia é instalar um array de boias num parque eólico offshore até 2025 (190 MW; 285 M€ de receita).

 

 

 

 

   

IMAGIC
: Acelerar o diagnóstico de cancro (INESC e JANZ - CGF)

O MagCyte é um produto IMAGIC que está a expandir fronteiras na deteção do cancro. Ao detetar desde o início da carcinogénese as Células Tumorais Circulantes (ou CTCs), tipicamente responsáveis pelo aparecimento de metástases, o MagCyte permite o diagnóstico de cancro até 4 anos antes de este ser diagnosticável através das técnicas de imagiologia usadas atualmente, permitindo assim o tratamento do cancro num estágio precoce.
O MagCyte conta e caracteriza os CTCs por os filtrar do sangue e caracterizá-los utilizando marcadores e sensores magnéticos.
O MagCyte entra no mercado da tecnologia para deteção de CTC, avaliado em 8.9 mil milhões de dólares americanos, e com um CAGR de 18.9%. Por utilizar uma combinação única das tecnologias microfluídica e microeletrónica em combinação com sensores magnéticos, o MagCyte irá sem dúvida salvar milhões de vidas!

 

   

MyRNA Diagnostics
: Traduzindo Biomarcadores Moleculares em Diagnóstico de Doenças (i3S - Univ. do Porto)

MyRNA Diagnostics apresenta o seu primeiro produto – MyRNA Depression Diagnosis - um kit para deteção de novos biomarcadores moleculares que fornece uma ferramenta precisa e quantitativa para apoiar decisões clínicas. A partir de uma amostra de sangue, o nosso produto vai ao encontro da necessidade de testes complementares para o diagnóstico/prognóstico da depressão, ultrapassando limitações subjacentes às entrevistas clínicas. Este produto irá tornar o diagnóstico da depressão mais objetivo, diminuir a prescrição excessiva de anti-depressivos e melhorar o seguimento dos tratamentos. Este produto constitui uma nova esperança na luta contra a depressão.

 

   

MuscleGuy: 
Geramos o seu músculo (IMM - Univ. de Lisboa)

Miopatias são doenças genéticas musculares raras. Em 50 anos apenas foram aprovados pela FDA 3 fármacos para miopatias. Para mais, cada fármaco é específico para uma doença e a sua eficiência bastante limitada. os sistemas in vitro atuais para músculo apenas recapitulam o início do desenvolvimento celular, sendo fracos modelos para estudar miopatias.
MuscleGuy desenvolveu uma ferramenta com células de músculo esquelético altamente diferenciadas que podem ser específicas para o paciente e simultaneamente flexíveis. A MuscleGuy é adequada para rastrear e validar compostos, podendo comercializar produtos relevantes para diferentes fases da pipeline.

   

Power Phoenix: 
O próximo passo nas energias renováveis (Univ. de Aveiro)

Direcionada para a integração em sistemas de armazenamento de eletricidade para operadores do sistema de distribuição elétrica e de energia renovável que enfrentam problemas de geração intermitente de energia e instabilidade da rede, a Power Phoenix fornece uma bateria que oferece flexibilidade e estabilidade. Esta bateria tem uma potência de 800kW (4.800kWh) que pode ser facilmente escalada. A Power Phoenix apresenta alta densidade energética e, ao contrário das baterias atuais, uma vida útil de mais de 20 anos, a mais baixa taxa de auto-descarga, completa segurança e reduzida manutenção.

   

ProZyme
: Próbioticos de última geração (CIIMAR - Univ. do Porto)

ProZyme é o primeiro probiótico com atividade PNAase (enzimas hidrolíticas de Polissacarídeos Não-Amiláceos) permitindo aos peixes carnívoros uma eficiente utilização dos PNA das matérias-primas vegetais. Além da função digestiva, ProZyme também contribui para a saúde e bem-estar dos peixes ao antagonizar agentes patogénicos, tendo assim um efeito duplamente positivo em dois dos principais problemas da indústria da aquacultura.

   

PurAvTec
: Anticorpos de aves: uma solução para salvar vidas (Univ. de Aveiro)

A resistência antimicrobiana é o resultado direto de um uso excessivo de antibióticos e é uma das ameaças mais graves para a saúde em todo o mundo. As infeções resistentes aos antibióticos afetam anualmente nos Estados Unidos, pelo menos 2 milhões de pessoas e causam pelo menos 23 000 mortes. Devido à falta de uma terapia convencional para tratar essas infeções, a PurAvTec desenvolveu o Spec-IgY, uma mistura de anticorpos policlonais provenientes de aves, altamente pura (> 90%). Spec-IgY pode ser usado eficientemente na imunização passiva, dando aos pacientes uma imunidade imediata contra os patógenos que causam a doença, e tratam a infeção.

   

Regenera: 
Produtos de Medicina Avançada para Utilização Veterinária

A Regenera® é uma proposta de Start-Up dedicada à medicina regenerativa. A tecnologia proprietária da Regenera® será aplicada, em primeiro lugar, num produto que tira partido da ação sinergistica de dois tipos de células estaminais – o ARTICEL®, com o fim de solucionar os desafios ortopédicos mais exigentes da prática desportiva equestre. A Regenera® tem a visão de tornar-se uma referência internacional para as terapias celulares através da inovação permanente. A sua missão será a de contribuir para o incremento do bem-estar animal e tempo em competição, sempre numa perspectiva One Health.

   

Symbiotic: 
Conseguimos parar a Tuberculose

O ressurgimento da tuberculose (TB) ameaça o progresso feito no controle da doença até à data. Para combatê-la são necessárias intervenções personalizadas para enfrentar os vários aspectos da tuberculose, em particular a transição da latência para a doença ativa. O desenvolvimento de testes moleculares capazes de estratificar os cerca de 2 mil milhões de indivíduos com tuberculose latente quanto ao seu risco de reativação permitiria tratar apenas os indivíduos de maior risco. Esta abordagem permitiria reduzir o número de pessoas submetidas à antibioterapia preventiva e os efeitos tóxicos associados ao tratamento. O Symbiotic pretende desenvolver um teste de diagnóstico rápido para a estratificação do risco da TB latente.

 

   

SugarPharma
: Poder da Natureza para um Envelhecimento Ativo e Saudável

Para a indústria de cosméticos orgânicos, propomos Veronic-Ox - um ingrediente ativo natural, encontrado em plantas usadas na medicina tradicional chinesa. Possui atividades antioxidantes, antibacterianas e antifúngicos, sendo não tóxico e hipoalergénico. É diretamente aplicável às formulações anti-envelhecimento de cuidados da pele e é a solução mais econômica para responder às necessidades crescentes do mercado de produtos cosméticos naturais orgânicos.
A nossa metodologia nova para produzir Veronix-Ox é eco-amigável, altamente eficiente e não requer tratamento de grandes volumes de material de plantas.

   

TEC4SUS
: Tecnologia disruptiva de produção de ácido adípico

O processo desenvolvido pelaTec4Sus produz ácido adípico de alta pureza (99,9%) com custos de produção e de impacto ambiental reduzidos. Esta tecnologia catalítica limpa e disruptiva é muito mais eficiente (em termos de custo de produção), e livre de impostos ambientais, que a atualmente utilizada pelos maiores produtores de ácido adípico (Solvay, BASF ou Dupont / Dow). Além disso, pode ser facilmente instalado nas fábricas de produção existentes.

Subscreva a nossa newsletter
Preencha corretamente os campos
Pesquisa
Escreva o que pretende procurar
Resultados da pesquisa
Sugerir a um amigo