Publicado a 31 de agosto de 2015

500 mil euros para apoiar a investigação na U.Porto – Banco Santander Totta e Universidade celebram acordo

A Universidade do Porto vai apoiar centros de investigação com 500 mil euros, no âmbito do convénio celebrado com o Banco Santander Totta. O objetivo visa o aumento da produção científica dos centros, melhorando o posicionamento nos rankings internacionais.

© U.Porto

 

Foi no passado dia 30 de julho que a Universidade do Porto e o Banco Santander, através do Santander Universidades, formalizaram um programa de financiamento no valor de meio milhão de euros para os próximos três anos, que permitirá apoiar os centros de investigação daquela Universidade que não obtiveram financiamento direto por parte da Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT).

Apesar de ter conseguido cerca de 27% dos investimentos da FCT, a Universidade do Porto revelou preocupação com os resultados e avaliação de algumas das suas unidades de investigação para as quais decidiram canalizar o apoio do Banco Santander Totta.

Para já foram assinados os contratos-programa com seis centros de investigação da U.Porto, que a partir de agora vão receber apoio financeiro. São eles o Centro de Estudos Africanos da Universidade do Porto (CEAUP), o Centro de Investigação Jurídico-Económica (CIJE), o Instituto de Investigação em Arte, Design e Sociedade da U.Porto (I2ADS), o Center for Drug Discovery and Innovative Medicines (MedinUP), o Centro de Investigação em Informação, Comunicação e Cultura Digital (CETAC.Media), o Centro de Linguística da U.Porto (CLUP), e o Instituto de Investigação em Design, Media e Cultura (ID+).

Inserindo-se na missão das instituições de Ensino Superior Público, que têm «o dever de contribuir para a compreensão pública das humanidades, das artes, da ciência e da tecnologia, promovendo e organizando ações de apoio à difusão da cultura humanística, artística, científica e tecnológica, e disponibilizando os recursos necessários a esses fins», o investimento pode ainda abranger, nos próximos anos, outros centros de investigação da U.Porto.

O Santander Totta, através do Santander Universidades em Portugal, continua a intensificar a sua colaboração com as principais instituições de Ensino Superior portuguesas, com quem tem mais de 45 acordos. Este ano, o Banco irá investir 6,5 milhões de euros nas Universidades Portuguesas e um total de 25 milhões até 2018, através do apoio ao conhecimento, à mobilidade internacional, à concessão de Bolsas de Mérito e Prémios Científicos e ao programa de estágios Santander Universidades.

Em todo o mundo, o Banco Santander, através do Santander Universidades, mantém 1.200 convénios de colaboração com universidades e instituições académicas, e até 2018 irá destinar 1.700 milhões de euros no apoio a projectos do Ensino Superior.

Fontes: Banco Santander Totta e Universidade do Porto

Subscreva a nossa newsletter
Preencha corretamente os campos
Pesquisa
Escreva o que pretende procurar
Resultados da pesquisa
Sugerir a um amigo