Publicado a 13 de Maio de 2013

6.ª Edição do Prémio Diáspora recebeu 155 candidaturas

O Prémio Empreendedorismo Inovador na Diáspora Portuguesa, promovido pela COTEC Portugal com o Alto Patrocínio do Presidente da República, recebeu nesta sexta edição um número recorde de candidaturas. À distinção, que pretende celebrar os portugueses que, pela sua capacidade empreendedora e inovadora, se notabilizaram fora de Portugal nas suas actividades, candidataram-se 155 empreendedores, dos cinco continentes.

Os candidatos desta 6.ª edição são oriundos de 37 países, onde se destaca a participação, pela primeira vez, de candidatos da Índia, Malásia, República Checa e Venezuela. Outros países continuam a ter uma forte participação das comunidades portuguesas neste Prémio, nomeadamente EUA (30), França (23), e Brasil (17). Os sectores mais representados são o empresarial/financeiro, com 29% das candidaturas, seguido pelos sectores da restauração/turismo; educação/investigação/ciência; e indústrias criativas, a ganhar peso no número de inscrições.

«Todos os anos temos vindo a superar o número de candidaturas, o que indica que a Diáspora portuguesa está cada vez mais activa nos países de acolhimento, mas com uma vontade crescente de prolongar o elo ao nosso país. O objectivo da COTEC é não só distinguir os percursos e as conquistas mais relevantes mas, em simultâneo, criar uma comunidade de portugueses que estão espalhados pelo mundo inteiro e que fazem parte da nossa identidade», sublinha Joaquim Sérvulo Rodrigues, Presidente do Júri.

Este ano, a Fundação Calouste Gulbenkian e a COTEC Portugal uniram-se numa parceria com o objectivo de aproximar a Diáspora portuguesa do seu país. Através da iniciativa FAZ, as duas entidades irão entregar os respectivos prémios numa cerimónia presidida pelo Presidente da República, no dia 6 de Junho, na Fundação Calouste Gulbenkian (Lisboa), inserida nas comemorações do Dia de Portugal e das Comunidades Portuguesas.

Na edição do ano passado, o Prémio Empreendedorismo Inovador na Diáspora Portuguesa foi atribuído a Isabel dos Santos Melo, fundadora do Grupo Mentaur, residente no Reino Unido, e a menção honrosa distingui Cristóvão Fonseca, realizador e fundador da produtora ‘Les Films de l'Odyssée’, em França.

Os vencedores da 6.ª edição do Prémio Empreendedorismo Inovador na Diáspora Portuguesa, promovido pela COTEC, e da 2.ª edição do Ideias de Origem Portuguesa, da Fundação Calouste Gulbenkian serão conhecidos no próximo dia 6 de Junho, no Encontro FAZ | Empreendedorismo Inovador na Diáspora Portuguesa, a realizar em Lisboa, na FCG, com a presença do Presidente da República.

Saiba mais sobre:

Subscreva a nossa newsletter
Preencha corretamente os campos
Pesquisa
Escreva o que pretende procurar
Resultados da pesquisa
Sugerir a um amigo