Publicado a 25 de Outubro de 2013

A inovação nas empresas e instituições de ensino superior nacionais

Com o objectivo de assinalar o 10.º Encontro Nacional de Inovação COTEC e divulgar os prémios que nele serão atribuídos, a COTEC juntou no dia 22 de Outubro o júri dos prémios de empreendedorismo da Associação, dois dos vencedores dos Prémios PME e Produto Inovação e o seu Director-Geral, Daniel Bessa, para discutirem a evolução ao longo dos anos da aplicação da inovação nas empresas e sua cooperação com universidades e politécnicos neste âmbito.

© COTEC Portugal

 

Concursos de Empreendedorismo no Ensino Superior
Eduardo Marçal Grilo, júri dos prémios 'Casos Exemplares de Cooperação Universidade-Empresa' e ‘Valorização do Conhecimento e Fomento do Empreendedorismo nos Institutos Politécnicos Portugueses’, referiu que o objectivo destes concursos é, principalmente, o de perceber as actividades das instituições de ensino superior portuguesas em relação ao 3.º pilar, o da valorização do conhecimento nelas produzido, através da criação de uma “base informativa” até agora inexistente.

Consciente de que nos últimos 10 a 15 anos as universidades portuguesas têm feito um progresso muito significativo na área de produção de papers científicos, Marçal Grilo salientou que isso, no entanto, não tem tido tradução directa para o mercado. No ano de 2012, em que o concurso agora dirigido aos Politécnicos foi dirigido às Universidades, o objectivo foi precisamente o de criar a necessidade de as universidades se organizarem para recolher dados relativos ao 3.º pilar, que praticamente não existiam, como o número de patentes registadas ou de startups criadas no seio das universidades. Com a convicção de que as instituições de ensino superior portuguesas têm muito mais a dar ao país do que aquilo que têm dado – o grande contributo para a formação de pessoas e para a produção científica, os outros dois pilares da actividade das universidades –, nomeadamente no 3.º pilar, ao nível, por exemplo, da valorização do trabalho feito pelos cientistas dentro das próprias empresas, o também ex-Ministro da Educação reforçou que o intuito último destes concursos é o de fazer com que «estas instituições se tornem mais organizações, com objectivos, meios e metodologias, como as empresas», referiu.

No caso do concurso 'Casos Exemplares de Cooperação Universidade-Empresa', o objectivo último, acrescentou Daniel Bessa, Director-Geral da COTEC, é a publicação do caso vencedor como caso de estudo internacional a ser estudado nas grandes escolas de negócio como Harvard ou London Business School.

Apostar na importância do Ensino Superior como um produto de exportação nacional, não apenas ao nível da formação de pessoas como também na área de valorização do conhecimento, foi consenso entre os presentes no Encontro, que consideram Portugal forte neste campo, no qual alguns sinais de reconhecimento externo já se fazem notar.

WeDo Technologies, um caminho de sucesso
Fernando Videira da WeDo Technologies considerou que o prémio PME Inovação COTEC-BPI recebido pela tecnológica em 2009 foi o «reconhecimento de estarem no caminho certo e um incentivo para fazerem melhor». Desde então, considera o co-fundador e CFO da empresa, a WeDo Technologies tem vindo a evoluir, como demonstra o seu crescimento orgânico – a empresa está presente em 12 países, com cerca de 500 colaboradores – suportado também nas aquisições que tem feito (5 no total), mas também no volume de negócios que não pára de aumentar e que em 2012 alcançou os 62,5 milhões de euros. Líder mundial em garantia de receita e garantia de negócio, a WeDo Technologies fornece software e consultoria especializada que permite analisar grandes quantidades de dados de uma organização, ajudando a anular ou minimizar as ineficiências operacionais e de negócio. Com um peso das exportações superior a 70% das vendas e mais de 160 clientes em 85 países, a ambição da empresa, referiu Fernando Videira, é a de se constituir uma verdadeira empresa multissectorial, buscando o reconhecimento e clientes noutros sectores como agora detém na área das Telecomunicações.

Bosch, 34 000 pessoas no mundo a fazer I&D
Foi o CAE - Compact Advanced Electronic, produzido e desenvolvido pelo Grupo Bosch em Portugal, o vencedor ex-aequo do Prémio Produto Inovação COTEC em 2011, a primeira gama mundial de esquentadores com modulação electrónica de gás sem ligação à rede eléctrica, alimentados apenas por um hidrogerador.

Com 34 000 colaboradores afectos à I&D, o Grupo Bosch cedo se distinguiu por apostar claramente na inovação. João Paulo Oliveira, representante do Grupo Bosch em Portugal, salientou que também a Bosch portuguesa, que este ano comemora 20 anos de actividades de I&D, depois do lançamento do seu Departamento de I&D em 1993, sempre se tentou diferenciar da concorrência através da inovação. Com uma relação com as instituições de ensino superior que considera ter vindo a melhorar com o tempo, a Bosch portuguesa mantém protocolos de cooperação com as Universidades de Aveiro, Minho, Porto, IST e uma série de Institutos Politécnicos, como é o caso de Leiria.

O representante do Grupo Bosch em Portugal realçou que a história de sucesso ao nível das actividades de I&D do Grupo no nosso país é feita só com portugueses (65 no total), que são, inclusive, frequentemente “aliciados” pela casa-mãe na Alemanha. Afirmou também que tem «uma grande esperança no futuro da Bosch em Portugal», porque considera que o nosso país se tornou extremamente competitivo para o Grupo Bosch, por uma série de motivos como a sua localização, a qualidade da mão-de-obra, das infraestruturas, o know-how adquirido, o excelente parque de fornecedores – nomeadamente na indústria automóvel –, e mesmo quando se compara com a China, um país onde, por exemplo, é difícil gerir a propriedade intelectual.

Sob o tema ‘Gestão do Conhecimento’, o Encontro Nacional de Inovação COTEC, que marca os 10 anos de actividade da Associação Empresarial para a Inovação, terá como oradores principais Stephan Bohr da PwC (Alemanha) e Vadake Narayanan da Drexel University (EUA).

Conheça o programa do 10.º Encontro Nacional de Inovação COTEC.

Subscreva a nossa newsletter
Preencha corretamente os campos
Pesquisa
Escreva o que pretende procurar
Resultados da pesquisa
Sugerir a um amigo