Publicado a 02 de novembro de 2016

A inovação pode vencer o síndrome empresarial de Peter Pan

Vencer o síndrome de Peter Pan pela inovação foi o tema do almoço de trabalho “Prospectivas” organizado pela COTEC no passado 26 de Outubro. Contando com o patrocínio da NOS, estes encontros tem o propósito de reunir líderes empresariais para discutir temas que fazem parte das prioridades das agendas de inovação das empresas.



Neste quarto almoço marcaram presença Alexandre Patrício de Gouveia (El Corte Inglês), Ana Moutela (Zara Portugal), Filipe de Botton (Logoplaste), João Miranda (Frulact), enquanto keynote speaker, João Ricardo Moreira (NOS), Jorge Graça (NOS), Jorge Couto (Securitas), Miguel Eiras Antunes (Deloitte), Nuno Jonet (Tabaqueira), Paula Roque (Revigrés), Paulo Barradas Rebelo (Bluepharma), Francisco de Lacerda (CTT e COTEC Portugal) e Jorge Portugal (COTEC Portugal).

O síndrome empresarial manifesta-se pela tendência das empresas manterem uma dimensão inferior ao seu potencial de crescimento. Não sendo exclusivo da economia portuguesa, este fenómeno reveste-se nas empresas nacionais de especial acuidade num efeito de ausência de empresas de dimensão intermédia (o chamado “missing middle”). Partilhando as suas experiências, os participantes exemplificaram como a prática sistemática da inovação empresarial pode contribuir para ultrapassar este estigma económico, em conjunto com maior dose de ambição, organização e gestão. Foi igualmente discutido o papel das políticas públicas do Estado às empresas e, especialmente, o foco nos incentivos às PME.

Nas palavras de Francisco Lacerda, Presidente da Direção da COTEC Portugal, «alguns dos nossos associados já referiram que enquanto PME tinham acesso a todos os incentivos, ao passo que, quando deixaram esse estatuto, deixaram igualmente de ter apoios». Acrescenta ainda que, «o problema não está, por isso, nas políticas públicas existentes para PME, mas na ausência de apoios às empresas que deixam de ser PME. Vemos por isso como necessária a criação de um quadro de apoios que estimule e incentive a evolução das PME para níveis superiores de crescimento».

Leia também a notícia do Jornal de Negócios sobre este tema aqui.

Subscreva a nossa newsletter
Preencha corretamente os campos
Pesquisa
Escreva o que pretende procurar
Resultados da pesquisa
Sugerir a um amigo