A propriedade industrial e as relações ciência-empresa

A propriedade industrial e as relações ciência-empresa

Resultado da necessidade sentida numa das reuniões anteriores da Comunidade de Práticas da COTEC (CoP), os seus membros e o INPI reuniram no dia 17 de Setembro para debater o tema da gestão da propriedade industrial, na PT Inovação, em Aveiro.

© COTEC Portugal

 

A sessão sobre Open Innovation – e mais especificamente sobre as relações das empresas com as Universidades e Instituições de Investigação – decorrida no Learning Center da Sonae no dia 27 de Março de 2014 levantou várias questões aos membros da Comunidade de Práticas da COTEC (CoP), levando a COTEC a organizar uma sessão em torno do tema da gestão da propriedade industrial.

Nesta sessão, em que participaram cerca de 30 participantes de 14 empresas, uma equipa do INPI - Instituto Nacional da Propriedade Industrial, e um Jurista do IPN - Instituto Pedro Nunes, abordaram as questões essenciais da propriedade industrial e da sua gestão nas relações Ciência/Empresa.

João Amaral, da Direcção de Relações Externas e Assuntos Jurídicos do INPI, responsável pelo Departamento de Relações Externas, falou dos aspectos gerais dos direitos de propriedade intelectual, suas diferentes formas e importância que, no caso dos direitos de propriedade industrial, podem inclusive contribuir para o desempenho financeiro das empresas e sua competitividade, quando utilizados, por exemplo, como garantia na obtenção de financiamento.

O tema dos direitos tecnológicos, e mais especificamente das patentes, foi desenvolvido por Maria Inês Silva, da Direcção de Marcas e Patentes do INPI, responsável pelo Departamento de Patentes e Modelos de Utilidade. Recorrendo a exemplos práticos e à descrição do processo de registo das patentes, a técnica do INPI chamou a atenção para as particularidades desta forma de protecção das invenções, apresentou as limitações quanto ao objecto a patentear e à própria patente, os critérios de patenteabilidade (produto ou processo caracterizados por novidade, actividade inventiva e aplicação industrial), os erros mais comuns no registo de invenções, e explicou o processo seguido nas diferentes vias de protecção: nacional, europeia e internacional.

Por último, no dia dedicado à protecção industrial, José Ricardo Aguilar, responsável pelo acompanhamento de processos de protecção e valorização de activos intelectuais da Unidade de Valorização do Conhecimento e Inovação do IPN - Instituto Pedro Nunes, focou-se no licenciamento e transmissão de direitos de propriedade intelectual, na gestão da transferência de tecnologia no seio das relações instituições de investigação/empresas, nas estratégias internas e nas relações com terceiros na gestão de informação e da protecção de activos, e, também, na questão da vigilância tecnológica.

Daniel Bessa, Director-Geral da COTEC Portugal e Marco Dinis, Vogal do Conselho Directivo do INPI, intervieram no início da sessão, destacando a importância do tema para a competitividade das empresas.

Conheça o programa desta sessão.

Sobre a Comunidade de Práticas (CoP) de Gestão do Conhecimento da COTEC:
«A Gestão do Conhecimento é uma das debilidades maiores do Sistema Nacional de Inovação, por isso resolvemos dinamizar esta comunidade», referiu Daniel Bessa acerca da criação da CoP na COTEC.

A Comunidade de Práticas (CoP) é constituída por Associados da COTEC, empresas como a Brisa, Dão Sul, EDP, GALP Energia, Lipor, Microprocessador, PT Inovação, PwC, REN, ou Unicer, que se reúnem periodicamente em sessões de Bizz Share, quer presencialmente quer online, para debater e aprofundar o tema Gestão do Conhecimento.

Na organização desta Comunidade, a COTEC partiu da definição que a Gestão do Conhecimento envolve a obtenção, geração, sistematização e partilha de informações e conhecimentos relevantes para a Organização, e que tais informações e conhecimentos resultam tanto da actividade interna da empresa como das interfaces estabelecidas com a envolvente externa. Neste sentido, a partilha de diferentes modelos para esta temática é um contributo valioso e enriquecedor para as empresas que pertencem a esta comunidade de práticas.

É por isso que os membros da CoP beneficiam da possibilidade de aceder a informação sobre casos e processos de gestão de outras empresas-membro da CoP, assim como debater, em sessões de Bizz Share, as principais questões em termos de prática de gestão da inovação.

Saiba mais sobre a Comunidade de Práticas da COTEC.

Outras informações através do email cop@cotec.pt

Subscreva a nossa newsletter
Preencha corretamente os campos
Pesquisa
Escreva o que pretende procurar
Resultados da pesquisa
Sugerir a um amigo