Publicado em 15 de dezembro de 2015

Abertas candidaturas ao Prémio Melhor Tese de Inovação e Empreendedorismo

Desde 9 de dezembro que os alunos de Mestrado já se podem candidatar ao ‘Prémio Melhor Tese de Inovação e Empreendedorismo’, uma iniciativa da COTEC Portugal e da EVERIS, que distingue a melhor dissertação de mestrado assente num tema de inovação e de empreendedorismo.

© COTEC Portugal

 

Para o prémio são consideradas elegíveis todas as dissertações elaboradas no âmbito da frequência de mestrados em instituições de ensino superior portuguesas e submetidas nos anos letivos 2013/2014 e 2014/2015 caso se candidatarem até 31 de janeiro de 2016.

Na página do prémio, encontra-se o formulário de inscrição que os autores das teses devem preencher e submeter juntamente com a sua dissertação.

O vencedor do Prémio Melhor Tese de Inovação e Empreendedorismo recebe uma bolsa de mérito no valor de 2.000€, a possibilidade de estar presente num evento internacional de referência na área da inovação ou do empreendedorismo (com um valor global máximo de 3.000€) e um estágio remunerado por um período de 6 a 9 meses numa área da EVERIS Portugal.

Caso a qualidade das dissertações o justifique, prevê-se ainda a possibilidade de atribuição de um 2.º e 3.º prémios, no âmbito do qual está incluída a participação num evento internacional sobre os temas da inovação ou do empreendedorismo e a realização de um estágio remunerado por um período de 6 meses numa área da EVERIS Portugal.

Desenvolvido em duas fases de seleção, o Prémio Melhor Tese de Inovação e Empreendedorismo conta com uma comissão técnica responsável pela seleção de até dez finalistas.

Os candidatos apurados para a segunda fase devem submeter um filme e apresentar a sua dissertação num pitch perante o painel de jurados. Nesta segunda fase, o júri constituído por personalidades portuguesas do mundo empresarial e sociedade civil irá avaliar e eleger um ou mais vencedores.

Em ambas as fases, as candidaturas serão avaliadas de acordo com o conteúdo, forma, método, originalidade da investigação desenvolvida, aplicabilidade dos resultados e potencial de difusão dos resultados a nível nacional e internacional. Na segunda fase do concurso acresce à avaliação, a originalidade e qualidade do filme submetido. A capacidade de networking refletida pela votação online será também objeto de avaliação.

O regulamento do Prémio e a composição do Júri podem ser consultados aqui.

Subscreva a nossa newsletter
Preencha corretamente os campos
Pesquisa
Escreva o que pretende procurar
Resultados da pesquisa
Sugerir a um amigo