Publicado a 30 de Outubro de 2014

As 50 empresas mais inovadoras do mundo

No relatório anual de 2014 elaborado pela Boston Consulting Group (BCG), consultora especializada em estratégia empresarial, a Apple continua a liderar, passados 10 anos, a tabela das 50 empresas mais inovadoras do mundo, seguida pela Google e depois pela Samsung, num ranking onde as empresas tecnológicas e de telecomunicações se destacam.

O relatório foi feito com base em entrevistas a 1500 executivos séniores de inovação de grandes empresas do mundo inteiro e nele conclui-se que estão a ocorrer «grandes mudanças na inovação de indústrias específicas, uma grande mudança no mix de indústrias e o reforço da inovação como prioridade nas economias de rápido desenvolvimento». O relatório declara ainda que, «apesar das transformações sectoriais, a inovação mantém-se uma prioridade. No global, vimos um declínio de apenas 2 pontos percentuais na prioridade da inovação entre 2013 e 2014».

Apesar de a inovação continuar a ser uma das maiores prioridades empresariais, o relatório também destaca que «os executivos se sentem [hoje] menos confiantes nas suas capacidades inovadoras» do que em 2005, altura em que o primeiro relatório deste género foi lançado.

No topo desde a primeira publicação há 10 anos, a Apple é líder incontestada, num ranking em que a Google e a Samsung alternam mais uma vez entre o segundo e terceiro lugares, como tem acontecido no passado. Os restantes lugares do top 10 são ocupados também por empresas ligadas aos sectores tecnológico (Microsoft, IBM, Amazon e Sony), das comunicações (Facebook) e automóvel (Tesla Motors e Toyota Motor).

Este ano apenas três novas empresas tecnológicas entraram na lista das 50 empresas mais inovadoras, a Xiaomi Technology, que é agora a fabricante de smartphones número um na China, a Hitachi e a Salesforce.com. No total, há 21 tecnológicas na lista de 50.

Se a tecnologia e as comunicações são as indústrias com mais representatividade no ranking, o sector automóvel viu a sua importância diminuir significativamente: na edição do ano passado havia quatorze, este ano há apenas nove empresas presentes, quatro das quais nos primeiros vinte lugares (Tesla Motors, Toyota Motor, BMW e Ford Motor).

O que faz com que uma empresa seja considerada inovadora? «Serem competitivas à escala global», afirma Carlos Barradas, responsável pela BCG em Portugal. Estas empresas focam-se «no lançamento de produtos que os consumidores precisam e não em investem em tecnologias em vão». Além disso, «encaram o fracasso como uma oportunidade para melhorar a sua performance», diz, sublinhando a importância da “inovação disruptiva” para o aumento do volume de vendas das companhias listadas nos últimos anos.

Conheça a lista completa das 50 empresas mais inovadoras:
1. Apple
2. Google
3. Samsung
4. Microsoft
5. IBM
6. Amazon
7. Tesla Motors
8. Toyota Motor
9. Facebook
10. Sony
11. Hewlett-Packard
12. General Electric
13. Intel
14. Cisco Systems
15. Coca-Cola
17. LG Electronics
18. BMW
19. Ford Motor
20. Dell
21. Volkswagen
22. 3M
23. Lenovo Group
24. Nike
25. Daimler
26. General Motors
27. Shell
28. Audi
29. Philips
30. Softbank
31. Procter & Gamble
32. Fiat
33. Airbus
34. Boeing
35. Xiaomi Technology
36. Yahoo
37. Hitachi
38. McDonald's
39. Oracle
40. Salesforce.com
41. Fast Retailing
42. Wal-Mart
43. Tata Consultancy Services
44. Nestlé
45. Bayer
46. Starbucks
47. Tencent Holdings
48. BASF
49. Unilever
50. Huawei Technologies

Aceda ao relatório da BCG de 2014.

(Fontes: Dinheiro Vivo e Observador)

Subscreva a nossa newsletter
Preencha corretamente os campos
Pesquisa
Escreva o que pretende procurar
Resultados da pesquisa
Sugerir a um amigo