Centro de Inovação do Turismo tem o apoio da COTEC

A COTEC Portugal apoia o Centro de Inovação do Turismo(NEST), uma iniciativa  que tem como objectivo promover a inovação na cadeia de valor do turismo. 

COTEC tornou-se parceiro do Centro de Inovação do Turismo (NEST), um projecto dinamizado pelo Turismo de Portugal, em parceria com entidades nacionais e internacionais, com a missão de promover a inovação na cadeia de valor do sector.

NEST foi publicamente apresentado no Dia Mundial do Turismo, este ano subordinado ao tema o “Turismo e a Transformação Digital”. A iniciativa do Turismo de Portugal pretende promover a inovação na cadeia de valor, através do apoio ao desenvolvimento de novas ideias de negócio, ao desenvolvimento e experimentação de projectos e da capacitação das empresas no domínio da inovação e da economia digital

Centro de Inovação é liderado pelo Turismo de Portugal, a que se juntaram, num primeiro momento, uma dezena de parceiros diversificados, incluindo empresas do sector tecnológico, operadores de infra-estruturas de viagens ou entidades bancárias (Amadeus Portugal; ANA – Aeroportos de Portugal; Banco BPI; Brisa - Auto-estradas de Portugal; Google; Microsoft Portugal; Millennium BCP; Nos Comunicações). Este conjunto de entidades nacionais caracteriza-se pela diversidade e pela sua relação directa ou indirecta ao sector do turismo. 

Jorge Portugal, Director-Geral da COTEC, elogia o facto de todo este embrião de ecossistema de inovação no turismo surgir assente em infra-estruturas existentes e numa lógica de parceria público-privada, em que o Turismo de Portugal desempenha o papel de orquestrador - «Não começa do Zero». A título de exemplo, o Turismo de Portugaldisponibilizará laboratórios de formação em instalações pré-existentes, como é o caso da Escola Superior de Hotelaria e Turismo do Estoril. Aí, os parceiros fundadores e os que se juntaram entretanto - incluindo incubadoras e centros de conhecimento - têm oportunidade de desenvolver ideias inovadoras.

NEST funcionará numa lógica de ecossistema de inovação, aberto e virado para o exterior na senda pela criação de valor. A COTEC terá um papel relevante no âmbito da sua parceria com o Centro, que passa por três vectores: ajudar a estabelecer a ligação com parceiros internacionaisidentificar potenciais parceiros no mercado nacional, além dos que habitualmente actuam na área do turismo (e recorde-se que este sector tem, por exemplo, um impacto indirecto na construção); e, finalmente, contribuir para políticas públicas que ajudem a promover a inovação no turismo.

Em suma, de acordo com o Turismo de Portugal, o NEST tem como objectivos a “promoção do empreendedorismo, da inovação e da investigação no turismo”, o “apoio às empresas no desenvolvimento de uma visão criativa e inovadora”, a “criação de laboratórios de formação em colaboração com Universidades, Escolas de Turismo, Incubadoras e Centros de Conhecimento” e a “produção e transferência de conhecimento para as empresas”. O Centro de Inovação do Turismo é um dos eixos prioritários no âmbito do programa Indústria 4.0.

A importância da inovação 

O turismo tem vindo a ganhar peso nos últimos anos. Esta actividade estratégica para Portugal tem beneficiado do ciclo económico favorável que «irá, fatalmente, inverter-se», como assinala Jorge Portugal. Recorde-se que o turismo contribui directa ou indirectamente com cerca de 7% da economia nacional (dados do INE relativos a 2016), gerando perto de 11,5 mil milhões de euros em valores brutos.

Para Jorge Portugal este «é o momento certo para lançar um projecto com esta ambição», já que «o sector está a viver um dos melhores momentos, traduzido por um fluxo intenso, subida de margens, imagem de prestígio e prémios internacionais». 

Jorge Portugal acredita que «para conservar as vantagens adquiridas, só haverá um caminho, e todos sabemos qual é: a aposta na inovação».

O turismo funciona hoje através da combinação das dimensões digital e física, em que o consumidor é um actor essencial com foco na experiência. As plataformas digitais, as experiências de realidade aumentada e digital, o marketing e os serviços digitais automáticos e inteligentes «são já uma realidade nesta indústria, mas as oportunidades para expandir a sua aplicação são muitas à medida que estas atingem novas maturidades e se demonstram casos de utilização com sucesso», diz ainda o Director-Geral da COTEC

Na nova Era 4.0 «é imperioso, acima de tudo, manter e assegurar a relação directa com o cliente» via uma «interacção constante para conhecer as suas preferências», motivo pelo qual, Jorge Portugal considera que «a digitalização é a grande oportunidade para capturar a essência da inovação». 

Centro de Inovação do Turismo funcionará como um ecossistema de inovação – inspirado nos ecossistemas que têm vindo a ser criados em torno das startups –, no âmbito de um modelo flexível e em permanente colaboração com os seus stakeholders.  O Centro de Inovação do Turismo vai ainda ajudar a criar mecanismos de disseminação de boas práticas de inovação, apontadas aos destinos regionais e locais.

Subscreva a nossa newsletter
Preencha corretamente os campos
Pesquisa
Escreva o que pretende procurar
Resultados da pesquisa
Sugerir a um amigo