Connected Healthcare: Análise de Impacto

Estudo quantifica benefícios da digitalização e automação para a gestão em saúde

«Connected Healthcare: análise de impacto» relata quatro casos em que a conectividade, a digitalização, a interoperabilidade, a automação inteligente e a reorganização dos processos permitem melhores decisões de gestão. Entre os impactos identificados, e quantificados, no estudo estão a redução de risco clínico, a melhor utilização dos recursos disponíveis e o aumento da qualidade do serviço, associados a significativos benefícios financeiros, que em cenário médio se traduziriam em 60 milhões de euros anuais de benefícios para o sector público, caso fossem introduzidos no Serviço Nacional de Saúde.

O estudo é resultado da iniciativa “Connected Healthcare”, criada pela COTEC no âmbito da implementação das medidas da Estratégia Nacional para a Digitalização da Economia - Programa Indústria 4.0, segundo parceria com o Ministério da Economia. “Connected Healthcare”, iniciativa de colaboração da indústria, é participada pela Bluepharma, o Centro Hospitalar de Cascais, o Centro Hospitalar de São João, a IBM, a José de Mello Saúde, o grupo Germano de Sousa, a Glintt, a GS1 Portugal, o Hospital de Cascais, o Hospital de Vila Franca de Xira, a Multicare, a Neadvance, a Pathena, os Serviços Partilhados do Ministério da Saúde e a Siemens.

Consulte o relatório.

Subscreva a nossa newsletter
Preencha corretamente os campos
Pesquisa
Escreva o que pretende procurar
Resultados da pesquisa
Sugerir a um amigo