Publicado a 25 de Junho de 2013

Corticeira Amorim cria conceito inovador de packaging de vinho

A Corticeira Amorim criou uma rolha de cortiça pronta a saltar da garrafa só com o empurrão do polegar. A inovação ‘HELIX’, desenvolvida em parceria com a norte-americana Owens-Illinois, resulta do “combinado” rolha e garrafa de vidro, com rosca interior no gargalo.

 

© Corticeira Amorim e O-I

 

O inovador packaging de vinho feito de cortiça e vidro, concebido para o segmento de vinhos de consumo rápido, resultou do desenvolvimento de quatro anos levado a cabo em parceria entre a Corticeira Amorim e a O-I, a maior produtora de embalagens de vidro do mundo. O desenvolvimento, que absorveu «parte substancial» da verba de cinco a seis milhões de euros canalizada anualmente para a área de investigação e desenvolvimento da corticeira, centrou-se não só na performance da solução técnica, mas também na possibilidade da sua utilização sem grandes investimentos por parte das caves produtoras de vinhos.

O novo conceito combina uma rolha de cortiça ergonómica e uma garrafa de vidro com uma rosca interior no gargalo, que resulta numa solução de elevada performance técnica. O packaging ‘HELIX’ agrega todos os benefícios da cortiça e do vidro – qualidade, sustentabilidade e imagem premium – e também as mais-valias de uma abertura simples (que não perde a sonoridade característica associada à abertura de uma garrafa de vinho) e uma fácil reinserção da rolha. Importante ainda é o facto de ser um sistema que pode ser implementado nas caves facilmente, sendo apenas necessário um pequeno ajuste nas linhas de engarrafamento.

A nova solução HELIX, que inclui a nova rolha feita em microaglomerado de cortiça, produzida na unidade de rolhas da Corticeira Amorim, estará à venda no mercado a partir de 2014. Os testes exaustivos, conduzidos pela Corticeira Amorim e pela O-I, a que o packaging inovador foi sujeito, evidenciaram que este assegura a qualidade do vinho, mantendo a sua consistência de sabor, aroma e cor.

António Rios Amorim, Presidente e CEO da Corticeira Amorim, afirmou que o «HELIX vai ao encontro da crescente exigência de sustentabilidade e de qualidade por parte dos consumidores, respondendo simultaneamente às necessidades da indústria vinícola que, cada vez mais, faz uma gestão criteriosa do valor das suas marcas».

Já Eric Bouts, Presidente da O-I Europa, referiu que «o futuro da inovação passa pelo estabelecimento de parcerias», acrescentando que o «HELIX é um exemplo concreto do que pode ser alcançado quando se juntam os líderes mundiais de embalagem de vidro e de cortiça, satisfazendo tanto os consumidores como a fileira do vinho».

O processo de desenvolvimento foi ainda suportado por estudos de mercado nos EUA, China, França e Reino Unido, que revelaram uma grande aceitação do consumidor ao ‘HELIX’ quando utilizado para vinhos de consumo rápido.

Mais informações em: http://helixconcept.com/

(Fontes: Corticeira Amorim e Jornal Expresso)

Subscreva a nossa newsletter
Preencha corretamente os campos
Pesquisa
Escreva o que pretende procurar
Resultados da pesquisa
Sugerir a um amigo