COTEC Portugal, AESE e IESE promovem as melhores práticas da indústria portuguesa a nível internacional - Sessão de apresentação do Industrial Excellence Award

A COTEC Portugal, a AESE Business School e o IESE Business School estão a promover, pela primeira vez em Portugal, o Industrial Excellence Award. 

Internacionalmente, esta iniciativa reconhece, desde 1995, as empresas que se destacam pela qualidade da sua gestão industrial. Na base da selecção estão critérios de avaliação estabelecidos por académicos de universidades de prestígio internacional. 

À reputação dos promotores do prémio alia-se a partilha de conhecimento com as escolas de gestão europeias de topo. Através desta iniciativa, as empresas nacionais têm a oportunidade de competir com as melhores empresas industriais a nível europeu, partilhando experiências, boas práticas e conhecimento. 

A COTEC reconhece neste prémio uma oportunidade de promoção internacional da excelência da indústria portuguesa, no âmbito do seu papel de coordenadora da plataforma Portugal i4.0. 

Isabel Furtado, presidente da COTEC Portugal, explica que “o objectivo desta iniciativa passa por colocar a tónica na excelência que já temos na indústria portuguesa e divulgar as boas práticas que são feitas cá e tão desconhecidas pelos portugueses”. Afinal, existem no país exemplos de gestão industrial eficientes, que são, muitas vezes erradamente subvalorizados. De facto, Portugal está ao mesmo nível do que é feito internacionalmente pelas indústrias mais competitivas. 

A Presidente da COTEC alerta ainda que é necessário atrair para a indústria camadas jovens bem preparadas pelas universidades que procuram tendencialmente saídas profissionais em serviços. “O prémio deverá contribuir para transformar a imagem da indústria, atraindo os jovens e dando a conhecer a nível internacional casos de sucesso de empresas portuguesas. É uma oportunidade para aliar a excelência das universidades com quem colaboramos - a AESE e o IESE - com a excelência na indústria”.

A parceria entre a COTEC e a AESE representa, segundo Jorge Ribeirinho Machado, professor na AESE, uma oportunidade para dar destaque às empresas portuguesas, projectando-as a nível internacional. Além disso, acrescenta que um dos objectivos desta colaboração passa pela elaboração de casos de estudos que permitam a partilha de conhecimento. O professor da AESE acredita que a qualidade da gestão da indústria nacional tem potencial para vencer o prémio europeu, competindo com as melhores empresas internacionais.

O IESE Business School, de Espanha, congratula-se por estar envolvido na avaliação do prémio português, contribuindo com a participação em 10 edições anteriores, e encara esta iniciativa conjunta como uma oportunidade para interiorizar melhor a realidade portuguesa e de a dar a conhecer a diferentes níveis, incluindo nos cursos de gestão que organiza. 

“Ano após ano, Portugal vai realizar estas edições. Como resultado, será partilhado conhecimento claro e específico por parte de companhias e sectores muito díspares. No entanto, as técnicas podem ser diferentes, mas a natureza dos problemas é a mesma”, afirma Eduard Calvo, da IESE Business School.  No caso espanhol, muitas das empresas candidatas foram objecto de casos de estudo que são depois utilizados pelo IESE e pelas universidades parceiras do prémio, entre as quais se incluem escolas de gestão de topo europeu. 

 As candidaturas ao prémio decorrem de 1 de Novembro a 31 de Janeiro.

 Para esclarecimentos adicionais visite o website do prémio

Subscreva a nossa newsletter
Preencha corretamente os campos
Pesquisa
Escreva o que pretende procurar
Resultados da pesquisa
Sugerir a um amigo