Publicado a 19 de abril de 2016

Dissertação de João Molina vence o Prémio MUDA 2016

A Dissertação ‘Metodologia TRIZ aplicada ao desenvolvimento acústico em aeronaves comerciais’ desenvolvida por João Molina, um dos 10 finalistas do Prémio MUDA, foi a vencedora desta 1.ª edição, sendo considerada a Melhor Tese de Empreendedorismo e Inovação pelo Júri do concurso promovido pela COTEC Portugal em parceria com a everis.

© everis

No evento, que decorreu no dia 19 de abril na Fundação Portuguesa das Comunicações, em Lisboa, e onde convidados e membros do Júri assistiram às apresentações dos finalistas, João Molina saiu vencedor com a sua tese, conceptualizando um sistema de filtragem sonora para garantir um maior conforto acústico dos passageiros nas aeronaves, isolando os ruídos circundantes, como choro de crianças, entre outros. O sistema, constituído por auscultadores munidos de Controlo Passivo de Ruído e de um subsistema equipado por microfones direcionais "shotgun" capazes de filtrar todo o ruído exterior através de Controlo Ativo de Ruído e filtro "passa-faixa", permite precisamente a eliminação da influência dos ruídos indesejáveis na comunicação entre as pessoas. Na análise dos problemas (contradições) e na conceção do sistema em estudo, João Molina recorreu à Teoria da Resolução Inventiva de Problemas (TRIZ), devido às suas potencialidades no auxílio da criação de sistemas inovadores.

Promovido pela COTEC Portugal, em parceria com a everis, o Prémio MUDA visa estimular trabalhos de investigação de âmbito universitário nos temas do empreendedorismo e da inovação. Lançado pela primeira vez este ano e dirigido a estudantes de programas de Mestrado, o prémio teve como objetivo distinguir a ‘Melhor Tese em Inovação ou em Empreendedorismo’ apresentada nos anos letivos 2013/14 e 2014/15, no âmbito de programas de Mestrado de Instituições de Ensino Superior Portuguesas. 

Registou nesta sua primeira edição um total de 75 candidaturas provenientes de 57 cursos e de 26 universidades. 

João Molina, engenheiro mecânico e que desenvolveu a sua tese na Faculdade de Ciências e Tecnologias da Universidade Nova de Lisboa, recebe assim uma bolsa de mérito no valor de 2.000€, a opção de um estágio remunerado por um período de 6 a 9 meses numa área da everis Portugal e ainda acesso, viagem e estadia à Conferência Internacional Wired 2016, que terá lugar em Londres nos dias 3 e 4 de Novembro.

«Nos últimos tempos tenho ouvido muitas pessoas a dizer que é uma boa ideia. Se calhar tenho sido eu a desvalorizar a minha própria tese. Este prémio vem mudar isso», afirmou o vencedor da edição de 2016 do Prémio MUDA, que conceptualizou um sistema de filtragem sonora para um maior conforto acústico dos passageiros nas aeronaves. “Eu acho que o sistema é simples. Como é simples é barato de desenvolver. Num futuro bastante próximo pode tornar-se num “must have” das companhias aéreas», acrescentou João Molina.

 

© everis

«A tese vencedora, assim como as candidaturas apresentadas, e das quais as dissertações dos 10 finalistas são excelentes exemplos, revelam os elevados padrões de qualidade das Universidades portuguesas e do trabalho científico que está a ser desenvolvido por estas ao nível de Inovação e Empreendedorismo. As nossas empresas têm muito a ganhar, se investirem na integração de forma harmoniosa deste capital humano nas suas organizações e, desta forma, poderem também estreitar as suas relações com as instituições de produção de conhecimento», afirmou Jorge Portugal, Diretor-Geral da COTEC e membro do Júri.

Os 10 finalistas do Prémio MUDA abordaram nas suas dissertações temas distintos que ilustram bem a natureza transversal e abrangente da inovação. Design, Desenvolvimento de novos produtos e serviços, Redes de Inovação, Turismo, Características dos empreendedores, Metodologias e ferramentas de apoio à inovação como TRIZ, Lean, gamification ou design thinking são alguns exemplos da investigação desenvolvida.

O Júri, constituído por personalidades ligadas a empresas, entidades públicas ou comunicação social, ouviu pitchs de 5-7 minutos de cada um dos nove finalistas presentes, decidindo atribuir por fim o Prémio a João Molina pela sua dissertação 'Metodologia TRIZ aplicada ao desenvolvimento do conforto acústico em aeronaves comerciais'. Os finalistas foram avaliados pela sua capacidade de transmitir com clareza o valor da dissertação (a sua capacidade "de vender"), a eficácia da sua comunicação, a qualidade e originalidade dos suportes de comunicação (filmes, slides, entre outros) e a combinação harmoniosa e inovadora destes instrumentos, bem como as implicações do trabalho realizado no tecido produzido.

O Prémio MUDA foi entregue no final do evento, pelo Diretor-Geral da COTEC, Jorge Portugal, e pelo Chairman da everis Portugal, António Brandão de Vasconcelos.

Conheça as teses dos finalistas do Prémio MUDA.

Aceda à agenda do evento.

Subscreva a nossa newsletter
Preencha corretamente os campos
Pesquisa
Escreva o que pretende procurar
Resultados da pesquisa
Sugerir a um amigo