"Europeana", a biblioteca digital europeia, já está em linha

Europeana, a biblioteca multimédia em linha da Europa abriu no passado dia 20 de Novembro de 2008 ao público. Em www.europeana.eu, os utilizadores da Internet de todo o mundo podem agora aceder a mais de dois milhões de livros, mapas, gravações, fotografias, documentos de arquivo, pinturas e filmes do acervo das bibliotecas nacionais e instituições culturais dos 27 Estados-Membros da UE (por exemplo, de Portugal, a Carta plana de parte da Costa do Brasil, um mapa de 1784).

A Europeana oferece novas maneiras de explorar o património da Europa: qualquer pessoa interessada em literatura, arte, ciência, política, história, arquitectura, música ou cinema poderá aceder gratuita e rapidamente às maiores colecções e obras-primas da Europa numa única biblioteca virtual, através de um portal Web disponível em todas as línguas da União Europeia. Mas isto é apenas o começo. Em 2010, a Europeana dará acesso a milhões de obras representativas da riqueza da diversidade cultural da Europa e terá zonas interactivas, nomeadamente para comunidades com interesses especiais. Entre 2009 e 2011, serão consagrados a esta iniciativa cerca de 2 milhões de euros por ano. A Comissão planeia igualmente envolver o sector privado na expansão desta biblioteca. Em Setembro de 2007, numa resolução votada por esmagadora maioria, o Parlamento Europeu apoiara a criação de uma biblioteca digital europeia.

Graças à Europeana, é possível pesquisar e navegar em simultâneo pelas colecções digitalizadas das bibliotecas, arquivos e museus europeus, o que significa que os utilizadores podem explorar temas sem terem de procurar ou visitar múltiplos sítios e centros de recursos.

A Europeana foi uma iniciativa lançada pela Comissão em 2005 e materializada em estreita cooperação com as bibliotecas nacionais e outros organismos culturais dos Estados-Membros, assim como através do importante apoio dado pelo Parlamento Europeu. A Europeana é dirigida pela Fundação para a Biblioteca Digital Europeia, que reúne as principais associações de bibliotecas, arquivos, museus, arquivos audiovisuais e instituições culturais da Europa. A Europeana está instalada na biblioteca nacional neerlandesa, a Koninklijke Bibliotheek.

Mais de 1 000 organizações culturais de toda a Europa forneceram material para a Europeana. Museus europeus, incluindo o Louvre de Paris e o Rijksmuseum de Amesterdão, forneceram digitalizações de quadros e objectos das suas colecções. Os arquivos estatais disponibilizaram importantes documentos nacionais, tendo o Instituto Nacional do Audiovisual francês oferecido 80 000 emissões gravadas do século XX, começando nas primeiras imagens filmadas nos campos de batalha franceses em 1914. As bibliotecas nacionais de toda a Europa contribuíram com cópias digitalizadas de material impresso e manuscrito, incluindo de obras famosas que trouxeram novas ideias ao mundo.

Em 2009-2010 estarão disponíveis cerca de 69 milhões de euros para actividades de investigação no domínio das bibliotecas digitais através do Sétimo Programa-Quadro de investigação. No mesmo período, a parte do Programa para a Competitividade e a Inovação consagrada à sociedade da informação atribuirá cerca de 50 milhões de euros à melhoria do acesso ao património cultural e científico da Europa.

Para mais informações visite www.europeana.eu

Subscreva a nossa newsletter
Preencha corretamente os campos
Pesquisa
Escreva o que pretende procurar
Resultados da pesquisa
Sugerir a um amigo