Gestão de inovação em debate na Revigrés

Empresas de vários sectores de actividade partilharam, durante uma visita à sede da Revigrés, as suas experiências na área da gestão da inovação: estratégia e holística.

A partilha de boas práticas de gestão de inovação juntou mais de 80 pessoas na sede da Revigrés

Participaram nesta sessão empresas como a Altice Labs, a JPM, a Incentea, os CTT, a Celoplás ou a Bluepharm, que partilharam as suas experiências sobre processos de análise da envolvente, geração e avaliação de ideias e gestão do conhecimento.

E os resultados desta partilha de conhecimento não se fizeram esperar. Uma das participantes assinalou que a “sessão sobre gestão da inovação na Revigrés foi recheada de intervenções muito interessantes e descontraídas que foram muito para além da descrição de processos e/ou de um referencial normativo”, declarou Ana Raquel Sousa, Chief Consultant na Innovayt Portugal.

De facto, “enquanto participante, a partilha de experiências permitiu-me avaliar a aplicabilidade de certas medidas ao meu contexto de trabalho. Inclusive, inspirada nesta sessão, foi desenvolvida uma sugestão para organizar uma nova área específica na empresa, com vista à optimização da gestão de conhecimento interno”, avançou a participante Ana Raquel Sousa. 

Nesta mesa redonda, houve oportunidade para a troca de ideias sobre a gestão de inovação como domínio estratégico que obriga ao envolvimento activo da gestão de topo. 

Implica igualmente escolhas, antecipando constrangimentos e orquestrando formas de detectar e aproveitar oportunidades, sem nunca esquecer que ao longo da mudança devem coexistir processos de pessoas com diferentes perfis 

Estas lições foram ouvidas atentamente por Agostinho Carvalho, CEO da WEADD que, após a mesa redonda declarou que “A partilha de práticas de gestão de inovação promove o questionar das nossas próprias práticas, distanciar-nos do que está implementado e, através dessas novas visões, saberes, experiências e competências, melhorar e implementar novas solução, sem descurar o que somos”. O responsável da WEADD assinalou que “esta partilha permite uma aceleração e revisão dos procedimentos e implementação de novas soluções de gestão da inovação”.

A sessão terminou com uma visita à fábrica da Revigrés, na qual foi possível conhecer o processo produtivo dos pavimentos e revestimentos cerâmicos desta Associada COTEC.

Subscreva a nossa newsletter
Preencha corretamente os campos
Pesquisa
Escreva o que pretende procurar
Resultados da pesquisa
Sugerir a um amigo