Publicado a 27 de Novembro de 2013 (actualizado a 2013-11-28)

Imperial e WIT distinguidas com Prémio PME Inovação COTEC-BPI 2013

A Imperial e a WIT foram consideradas pelo júri do Prémio PME Inovação COTEC-BPI como as PME mais inovadoras do ano de 2013, dados os seus resultados consistentes e continuados assentes na inovação que levam a cabo. O júri, presidido por Artur Santos Silva, decidiu ainda distinguir pela sua actividade inovadora a SISCOG, com uma menção honrosa.

Foi no decorrer do 10.º Encontro Nacional de Inovação COTEC, que teve lugar no dia 27 de Novembro em Lisboa, que foram conhecidas as PME vencedoras do ano de 2013 do Prémio PME Inovação COTEC-BPI, com o apoio do jornal Público.

Imperial e WIT, vencedoras com histórias de sucesso assente em inovação

Imperial - Produtos Alimentares, SA
Integrada no Grupo RAR desde 1973, a Imperial é o maior fabricante nacional de chocolates e o detentor das principais marcas portuguesas do sector, como Jubileu, Regina, Pintarolas e Pantagruel. A chocolateira aposta numa contínua renovação da sua oferta, em que os novos produtos representam uma quota superior a 20% da sua facturação. Para a investigação e desenvolvimento de novos produtos, a empresa colabora com escolas de referência na área da biotecnologia (Universidades de Aveiro, Minho, Porto e Católica do Porto), com as quais desenvolve novas fórmulas e faz a avaliação nutricional dos ingredientes que utiliza nos seus chocolates. Continuando a sua aposta na inovação, a empresa procedeu recentemente à inauguração de uma nova unidade industrial de moldação e embalagem de tabletes e bombons, complementada por uma linha de fabrico de massas de chocolate, com tecnologia de última geração. A Imperial comercializa as suas marcas em mais de 45 países, distribuídos pelos continentes europeu, africano, americano e asiático, representado o volume de negócios para o mercado externo mais de 20% do negócio da empresa.

WIT - Consultoria e Software para a Internet Móvel, SA
Criada em 2001 como spin-off do IPN - Instituto Pedro Nunes e da Universidade de Coimbra, a WIT desenvolve aplicações e serviços avançados na área das telecomunicações móveis, fornecendo os seus produtos aos maiores grupos de operadores móveis da Europa: Vodafone, Telefónica, Deutsche Telekom, Orange-France Telecom, Telia Sonera e a Telecom Italia. Com um crescimento médio de 30% ao ano nos últimos anos, e uma margem média de EBITDA superior a 35%, a empresa tem ainda clientes nos Estados Unidos e em África. Possui dois centros de desenvolvimento em Portugal, no Porto e em Leiria, escritórios em Lisboa, e filiais em Reading (Reino Unido) e em San Jose (EUA). Com uma longa relação e fortes ligações ao mundo académico, a WIT mantém projectos de parceria em coordenação com universidades portuguesas – como as Universidades de Aveiro, Coimbra e Lisboa – e entidades internacionais como o Instituto Fraunhofer. Ao longo da última década, a empresa tem canalizado 25% dos seus recursos humanos para actividades de I&D, investimento contínuo que tem sido crucial para a sua estratégia de diferenciação através da inovação.

SISCOG recebe menção honrosa
A SISCOG - Sistemas Cognitivos, SA foi criada em 1986 por dois doutorados em inteligência artificial pelo Instituto Superior Técnico, apostados em criar na empresa capital intelectual que lhe permitisse a resolução de problemas de extrema complexidade. Foi a primeira empresa portuguesa a exportar software, sendo hoje as exportações responsáveis pela quase totalidade do seu volume de negócios. A empresa desenvolve e comercializa software para planeamento e gestão de recursos da ferrovia, tendo como clientes os caminhos-de-ferro holandeses ou o metro de Londres. Galardoada várias vezes pela American Association for Artificial Intelligence (a mais prestigiada organização científica no sector da Inteligência Artificial a nível mundial), mantém colaboração estreita com entidades do sistema científico e tecnológico europeu em que se destacam os projectos de I&D em parceria com organizações como a Universidade Erasmus de Roterdão, a FEUP, o IST ou o InescID.

Saiba mais sobre o Prémio PME Inovação COTEC-BPI , com o apoio do jornal Público.

Subscreva a nossa newsletter
Preencha corretamente os campos
Pesquisa
Escreva o que pretende procurar
Resultados da pesquisa
Sugerir a um amigo