Publicado a 13 de Fevereiro de 2014 (última actualização em 2014-02-17)

IX Encontro COTEC Europa

Debater a importância da reindustrialização na criação de postos de trabalho qualificados e na dinamização da economia foi o propósito do IX Encontro COTEC Europa, que reuniu as congéneres espanhola, italiana e portuguesa e mais de 430 participantes nos dias 11 e 12 de Fevereiro.

© COTEC Portugal

 

Na Sessão Técnica do evento, Juan Mulet, Director-Geral da Fundación COTEC, de Espanha, defendeu que a inovação é «um dos pilares da estratégia de reindustrialização» e que «os três países do sul da Europa, em especial, precisam de melhorar os processos de colaboração entre as suas diferentes regiões, uma exigência essencial para a eficiência e para o sucesso das medidas que serão tomadas pelo sector público para facilitar o processo de reindustrialização».

Já para Claudio Roveda, Director-Geral da Fundazione COTEC, de Itália, as palavras-chave para uma futura reindustrialização são competitividade e sustentabilidade: «um novo paradigma tem de ser desenvolvido e implementado, agrupando competitividade – do ponto de vista tradicional, mas tendo em conta a inovação, principalmente tecnológica, usando nova abordagem e ferramentas – e sustentabilidade – de um ponto de vista inovador – com uma perspectiva global, a fim para fornecer soluções de elevado desempenho para os principais desafios sociais e para vencer a concorrência de novos países industrializados».

Foi precisamente sobre soluções de elevado desempenho, ou novas tecnologias de suporte à reindustrialização, que se pronunciou Daniel Bessa. Para o Director-Geral da COTEC Portugal o conceito de 'Key Enabling Technologies', abordado pela Comissão Europeia, é essencial, estando abrangidas por este conceito tecnologias como a micro‑nanoelectrónica, a nanotecnologia, a biotecnologia industrial, a fotónica, os materiais avançados e as tecnologias de produção avançadas. Daniel Bessa destacou ainda «o potencial dos ‘três países COTEC Europa’ e as suas complementaridades no que se refere ao design, à produção e à distribuição de 'Design-Based Consumer Products'». Entre estes produtos incluem-se o vestuário e outros artigos têxteis, o calçado, o mobiliário, a cerâmica e vidro, e outros bens de consumo para uso doméstico, com grande tradição na estrutura industrial de Portugal, Espanha e Itália, e com larga representação de PME.

© COTEC Portugal

 

Na sua intervenção durante a Sessão de Encerramento, António Pires de Lima, Ministro da Economia, considerou que o IX Encontro COTEC Europa, «do ponto de vista do Ministério da Economia, permitiu reforçar a importância – em Espanha, em Itália e em Portugal –, do tema da reindustrialização enquanto factor crítico para o crescimento económico e para a criação de emprego na Europa. Factores como a aposta na inovação, a qualificação dos recursos humanos, o financiamento às empresas e a importância do mercado internacional, são do nosso ponto de vista elementos absolutamente determinantes na afirmação de uma agenda industrial que queremos ambiciosa».

A sessão contou ainda com intervenções do Rei de Espanha, D. Juan Carlos, dos Presidentes da República italiano e português, Giorgio Napolitano e Aníbal Cavaco Silva, do Vice‑Presidente da Comissão Europeia e Comissário para a Indústria e Empreendedorismo, Antonio Tajani, e dos Presidentes da Fundación COTEC, Juan-Miguel Villar Mir, da Fondazione COTEC, Luigi Nicolais, e da COTEC Portugal, João Bento.

No âmbito do Encontro, foi discutida uma iniciativa conjunta que define duas frentes para o fomento da reindustrialização dos três países: a frente de investigação e desenvolvimento, que será potenciada através do reforço de candidaturas ao novo Programa-Quadro Europeu – o Horizonte 2020, e a frente empresarial, onde é essencial uma aproximação aos mercados externos, em especial a mercados não europeus.

© COTEC Portugal

 

Com vista a favorecer acções concretas nas áreas em discussão, este ano o Encontro COTEC Europa distinguiu-se também pela aproximação ao poder executivo dos três países intervenientes e da Comissão Europeia. Nesse sentido, realizou-se na véspera do Encontro um conjunto de reuniões privadas, entre as quais se destaca o Encontro Ministerial. Este Encontro decorreu no Palácio da Cidadela, em Cascais, e contou com a presença dos Ministros da Economia e da Educação do Governo Português, do Ministro da Indústria do Governo Espanhol, da Ministra da Educação, Universidade e Investigação do Governo Italiano, e do Vice‑Presidente da Comissão Europeia e Comissário para a Indústria e Empreendedorismo.

No mesmo dia, as instalações da Secretaria de Estado da Ciência receberam duas outras reuniões: um encontro dos presidentes das entidades que executam as políticas de Investigação, Desenvolvimento e Inovação nos três países (FCT - Fundação para a Ciência e a Tecnologia, SCIC - Consejo Superior de Investigaciones Científicas e CNR - Consiglio Nazionale delle Ricerche), em que também participou a Secretária de Estado Leonor Parreira; e um encontro de empresas portuguesas, espanholas e italianas interessadas no tema da vigilância e segurança marítima, em que participou o Director-Geral de Empresa e Indústria da Comissão Europeia, também presente no IX Encontro COTEC Europa realizado no dia 12.

Consulte o Programa do IX Encontro COTEC Europa

Faça download dos documentos técnicos do Encontro, desenvolvidos pela COTEC Portugal, Fundación COTEC de Espanha e Fondazione COTEC de Itália, que serviram de base às apresentações dos Directores-Gerais na Sessão Técnica do Encontro.

Subscreva a nossa newsletter
Preencha corretamente os campos
Pesquisa
Escreva o que pretende procurar
Resultados da pesquisa
Sugerir a um amigo