Publicado a 30 de Agosto de 2013

Jerónimo Martins é a 16.ª empresa mais inovadora do mundo, segundo a Forbes

A Jerónimo Martins figura em 16.º lugar na lista de 100 empresas mais inovadoras do mundo, elaborada anualmente pela Forbes.

© Jerónimo Martins | Banco Digital

 

No ‘ranking’, a Jerónimo Martins é a única empresa portuguesa e a terceira empresa europeia mais inovadora. Empresas como as tecnológicas Google e Apple classificaram-se atrás da Jerónimo Martins, ocupando as 47.ª e 79.ª posição, respectivamente.

Fundada em 1792, a Jerónimo Martins actua no ramo alimentar, nos sectores da distribuição, indústria e serviços, possuindo actividade em Portugal (Pingo Doce, Recheio), na Polónia (Biedronka) e na Colômbia (ara).

No topo da lista publicada pela Forbes surgem três empresas norte-americanas: no pódio está a Salesforce.com, empresa de software e programação norte-americana que fornece soluções de "cloud computing" e "customer relationship management" (CRM). Em segundo lugar, surge a Alexion Pharmaceuticals, uma biofarmacêutica que foi pioneira no tratamento de duas doenças raras. Em terceiro lugar, figura a VMware, uma empresa de software e programação que fornece serviços de "cloud computing" e "virtualização de software".

O principal critério para a classificação das empresas foi o "Innovation Premium", que consiste na diferença entre a valorização bolsista da empresa e uma medição do fluxo de caixa. Essa diferença reflectirá, à partida, as expectativas dos investidores quanto ao futuro crescimento dos resultados da empresa. Adicionalmente, as empresas listadas necessitam de estar cotadas em bolsa há pelo menos 7 anos, ter uma valorização bolsista mínima de 10 mil milhões de dólares e de investir pelo menos 2,5% dos seus retornos em I&D.

Consulte o ranking da Forbes.

Subscreva a nossa newsletter
Preencha corretamente os campos
Pesquisa
Escreva o que pretende procurar
Resultados da pesquisa
Sugerir a um amigo