Publicado a 12 de Janeiro de 2015

Mais apoios para PME inovadoras

A Comissão Europeia anunciou no dia 9 de Janeiro, que mais de «275 pequenas e médias empresas (PME) inovadoras estão em vias de receber um total de 117 milhões de euros em novas subvenções a partir do Programa Horizonte 2020, o programa de financiamento da investigação e inovação da UE».

O comunicado aponta ainda que o financiamento a estas empresas representa «os mais recentes resultados de convites à apresentação de propostas ao abrigo do novo instrumento para as PME de três mil milhões, lançado no âmbito do Programa-Quadro Horizonte 2020, a fim de ajudar as pequenas empresas inovadoras a levar as ideias do laboratório para o mercado, contribuindo para gerar crescimento e emprego para a Europa».

«Este novo financiamento aumenta para 125 milhões de euros o montante total do instrumento para as PME até agora destinado a empresas inovadoras».

108 milhões de euros para actividades de inovação e planos de negócios (fase 2)
A Comissão Europeia seleccionou 78 PME de 18 países para receber uma subvenção até 2,5 milhões de euros cada (5 milhões para projectos em matéria de saúde) para financiar actividades de inovação e o desenvolvimento dos seus planos de negócios. As empresas terão também o direito de beneficiar de um máximo de 12 dias de orientação empresarial.

A Comissão recebeu 580 propostas de projectos envolvendo 785 PME até à primeira data-limite da fase 2 do Instrumento para as PME do Horizonte 2020 (9 de Outubro de 2014). Uma avaliação por peritos independentes revelou que 132 das propostas satisfazem as normas de avaliação, tendo sido seleccionadas 59% para financiamento.

As empresas do Reino Unido foram especialmente bem-sucedidas neste convite à apresentação de propostas, com 10 participantes em vias de receber mais de 17 milhões de euros. Os mesmos são seguidos de perto por França, Países Baixos e Espanha, que tem, efectivamente, o maior número de beneficiários individuais (12).

Outras 199 PME de 25 países, envolvidas em 178 novos projectos, foram seleccionadas na última ronda da fase 1 do Instrumento para as PME. Para cada projecto, os participantes receberão 50.000 euros para financiar estudos de viabilidade. Podem igualmente solicitar até três dias de orientação empresarial.

Durante esta fase, a Comissão recebeu 1.944 propostas até à segunda data-limite da fase 1, em 24 de Setembro de 2014. Destas propostas, 237 receberam uma pontuação superior ao limiar de candidatura e 75% foram seleccionadas para financiamento.

Juntamente com a primeira ronda de selecção no início deste ano, as PME espanholas foram particularmente bem-sucedidas na fase 1, com um total de 71 beneficiários aceites para financiamento, seguidas pelas empresas de Itália (58) e do Reino Unido (46).

Desde o lançamento do programa, em 1 de Janeiro de 2014, foram seleccionados para subvenções da UE, no âmbito da fase 1 do Instrumento para as PME, 333 projectos com a participação de 361 PME, num total de 16,7 milhões de euros. Juntamente com a fase 2 do financiamento, este montante ascende, até agora, a quase 125 milhões de euros provenientes do Instrumento para as PME para apoiar as empresas inovadoras.

Horizonte 2020 - Instrumento para as PME
Com um orçamento de quase 80 mil milhões de euros ao longo de sete anos, o programa Horizonte 2020 é o maior programa de investigação e inovação de sempre da UE e prevê financiamentos recordes para as PME. Prevê-se que, pelo menos 20%, ou cerca de 9 mil milhões de euros dos pilares ‘Liderança em tecnologias industriais’ e ‘Desafios societais’ do Programa-Quadro Horizonte 2020, venham a beneficiar as PME diretamente sob a forma de subvenções, nomeadamente através do Instrumento para as PME.

Através do Instrumento para as PME, a União Europeia pretende financiar as pequenas empresas mais inovadoras com elevado potencial de crescimento. O instrumento ascende a cerca de 3 mil milhões de euros ao longo de sete anos, e proporciona subvenções simples e rápidas para estudos de viabilidade de inovação empresarial (fase 1) e projectos de demonstração (fase 2). Conceitos maduros do ponto de vista do financiamento podem, além disso, beneficiar de consultoria em matéria de desenvolvimento empresarial e outros serviços de apoio (fase 3).

O processo de candidatura é fácil, mas apenas os melhores projectos poderão esperar beneficiar de financiamento. Os temas elegíveis constam do programa de trabalho do Horizonte 2020 sobre ‘Inovação nas PME’. Podem candidatar-se PME dos Estados-Membros da UE ou de países associados ao Programa-Quadro Horizonte 2020. Em 2014 e 2015, mais de 1.300 projectos serão apoiados ao abrigo do Instrumento para as PME.

Consulte mais informações sobre os novos apoios a PME Inovadoras aqui.

Fonte: Site da Comissão Europeia

Subscreva a nossa newsletter
Preencha corretamente os campos
Pesquisa
Escreva o que pretende procurar
Resultados da pesquisa
Sugerir a um amigo