Publicado a 8 de Junho de 2009

Manuel Eduardo Vieira e Paulo Taylor de Carvalho distinguidos com Prémio Diáspora

Manuel Eduardo Vieira e Paulo Taylor de Carvalho foram hoje galardoados, em ex-aequo, com o Prémio Empreendedorismo Inovador na Diáspora Portuguesa, entregue por Sua Excelência o Presidente da República, num Encontro que procurou fazer a ligação entre os vários candidatos oriundos dos mais diferentes pontos do globo, bem como destes às empresas associadas e da Rede de PME da COTEC Portugal.

 

«As diásporas, onde gostaria de destacar as empresariais, devem desempenhar um papel determinante na extensão e na projecção do país», declarou Filipe de Botton, Presidente do júri. «O seu apoio à internacionalização das empresas portuguesas ou à dinamização da inovação em rede representam um valor incalculável e que tem vindo a ser desprezado», acrescentou, referindo que este prémio pretende mudar o estado das coisas.

Manuel Eduardo Vieira agradeceu o prémio, relembrando as suas raízes humildes, responsáveis por muitos ensinamentos. «Quando saí da minha terra natal, Silveira, na ilha do Pico, nos Açores, há 47 anos, nunca imaginei que viria a receber tão nobre distinção», revelou. Paulo Taylor de Carvalho salientou que com «muito esforço e espírito de sacrifício, tudo se consegue», acrescentando que um pouco de sorte «também não atrapalha».

No discurso de encerramento do Encontro, o Presidente da República, Professor Aníbal Cavaco Silva, apelou ao «espirito de portugalidade». «Quero, hoje de novo, apelar ao que tenho designado 'espírito de portugalidade' de que este Prémio comunga, esse espírito que nos une e que nos acompanha, para lá das fronteiras do nosso país, até ao mais recôdito lugar onde resida um português.Esse espírito que mantém viva a nossa língua e a nossa cultura», declarou.

Na cerimónia estiveram presentes mais de 40 candidatos ao Prémio, representativos dos inúmeros casos de sucesso de portugueses e luso-descendentes que vivem no exterior, que discutiram as tematicas 'O papel da investigação científica na diáspora portuguesa’ e ‘Empreendedorismo’.

 

Os empreededores
Manuel Eduardo Vieira (63 anos) é o presidente da A. V. Thomas Produce, empresa dedicada à cultura de batata-doce. É o maior produtor e distribuidor de batata-doce biológica do mundo, tendo plantado, em 2008, 1.300 hectares e processado cerca de 50 milhões de quilos de batata-doce. O Grupo controla todo o processo de produção, desde a selecção de sementes à colheita, conservação, embalagem e transporte. É responsável pela criação de embalagens de batata-doce para micro-ondas, bem como da construção do hipermercado nas Lajes do Pico. Foi considerado “Empreendedor do Ano” pela Câmara do Comércio da Califórnia.

Com formação em Engenharia Electrotécnica, Paulo Taylor de Carvalho (32 anos) trabalhou ao longo do seu percurso na Holanda em algumas empresas de informática. Fruto da solidão em que se encontrava, começou por “brincar” ao instalar num telemóvel um MSN. Em 2004, juntamente com outros dois sócios, fundou a Ebuddy, que aproveita a possibilidade dos telemóveis acederem ao Yahoo Messenger, Google Talk, ou MySpace. O e-Buddy é uma plataforma para contactar pessoas em todo o mundo.

Mais informações sobre este prémio

Subscreva a nossa newsletter
Preencha corretamente os campos
Pesquisa
Escreva o que pretende procurar
Resultados da pesquisa
Sugerir a um amigo