Publicado a 29 de Julho de 2014

Renova vence Prémio Inovação Apigraf Regiões

A Renova, Associado da COTEC Portugal, venceu o Prémio Inovação Apigraf Regiões, entre outros motivos, pelo seu modelo inovador de gestão organizacional, baseado na horizontalidade e no apelo à criatividade, e pelas soluções inovadoras dos seus produtos, responsáveis pelos níveis de exportação da empresa. O prémio foi atribuído no dia 3 de Julho, no Porto.

O Prémio Inovação Apigraf Regiões foi criado com o objectivo de distinguir uma empresa dos sectores representados pela Apigraf - Associação Portuguesa das Indústrias Gráficas de Comunicação Visual e Transformadora do Papel que tenha desenvolvido e implementado soluções inovadoras de negócio e se encontre sedeada nas Regiões NUTS II, Norte, Centro e Alentejo.

O diploma do Prémio Inovação Apigraf Regiões, “transportado” de forma inovadora através de um drone que voou até ao palco, foi entregue juntamente com um troféu à Renova - Fábrica de Papel do Almonda, SA, numa cerimónia realizada no Salão Nobre da Alfândega do Porto, que contou com a presença de cerca de 200 empresas, no dia 3 de Julho.

A Renova foi fundada em 1939 e, desde então, tem desenvolvido uma estratégica que passa pela inovação de produto para conseguir a diferenciação das suas propostas de valor. Uma dessas inovações é o conhecido Renova Black Label.

Com o lançamento do primeiro papel higiénico preto do Mundo, a marca Renova reinventou o produto em si e alterou a relação do consumidor com esse mesmo produto. Já em 2014, criou o Renova Red Label, uma gama de produtos com tecnologia “double face”, com um dos lados em branco, o que transmite uma sensação de higiene perfeita, e o outro a uma cor, para tornar o produto atrativo e diferente.

O júri do Prémio foi constituído por Luís Humberto Marcos, em representação do Museu Nacional da Imprensa / Jornais e Artes Gráficas, Horácio Gomes Lourenço, em representação da Escola Artística e Profissional Árvore, e Eduardo Aires, em representação da White Studio, SA.

As razões da atribuição do Prémio
O reconhecimento atribuído à Renova deveu-se a vários factores, como o seu modelo inovador de gestão organizacional, baseado na horizontalidade e no apelo à criatividade, as soluções inovadoras que continuamente desenvolve para os seus produtos, e a conquista de novos mercados externos por esses produtos, com um nível de exportações de cerca de metade da produção da empresa.

A Renova tem ainda primado pelo desenvolvimento de campanhas publicitárias singulares, de impacto nacional e internacional, facto que valoriza a imagem de inovação que representa. Diferentes indicadores mostram que a empresa ousa, antecipando-se à concorrência na adopção de medidas que valorizam o sector na satisfação de necessidades dos clientes. O slogan ‘renovar para o bem-estar’ constitui, por isso, um corolário lógico do pulsar da Renova, numa indústria competitiva e muito marcada por alguns empórios internacionais.

Fonte: COMPETE - Programa Operacional Factores de Competitividade

Subscreva a nossa newsletter
Preencha corretamente os campos
Pesquisa
Escreva o que pretende procurar
Resultados da pesquisa
Sugerir a um amigo