Publicado no jornal digital Dinheiro Vivo a 17 de Dezembro de 2012

Sonae retalho investiu 63 milhões em inovação em 2012

A área do retalho na Sonae mereceu este ano um investimento em inovação na ordem dos 63 milhões de euros, 11 milhões acima do que se previa no final do terceiro trimestre. O valor foi avançado, ontem, por Norberto Amaral, gestor de Inovação no grupo liderado por Paulo Azevedo.

© Sonae

 

E as inovações têm sido frequentes, preparando-se agora uma que promete ser disruptiva nos hábitos dos portugueses. Falando no âmbito das sessões promovidas pelo Instituto Superior da Maia em nome do European Marketing Innovation Centers (EMIC), uma rede de inovação à escala europeia, Norberto Amaral confessou que a área do retalho se prepara para lançar em Portugal a compra de produtos de super e hipermercado através de códigos QR.

Tudo vai acontecer dentro de um prazo não superior a dois anos. Um QR é um código de barras bidimensional que pode ser facilmente lido por um smartphone com uma aplicação gratuita instalada. Os portugueses já encontram em vários cartazes estes quadrados com uns desenhos a preto e branco disformes. Numa estação de metro ou outro local público, o consumidor passará o telemóvel e as compras podem ir ter a sua casa.

O gestor da Inovação foi o responsável pelo pagamento self-service em caixas de hipermercados em Portugal e garante que a Sonae tem liderado nas novidades. "Sabiam que 90% das compras nos Continente passam pelo nosso cartão de descontos? Não há outro caso no Mundo", disse.

Subscreva a nossa newsletter
Preencha corretamente os campos
Pesquisa
Escreva o que pretende procurar
Resultados da pesquisa
Sugerir a um amigo