UE disponibiliza 7 mil milhões de euros para a investigação e a inovação

A Comissão Europeia anunciou a disponibilização de quase 7 mil milhões de euros para o fomento da inovação através da investigação. Trata-se do maior pacote de financiamento deste tipo alguma vez atribuído pela instituição, no âmbito do 7.º Programa da Quadro (7.º PQ).

A maior parte dos convites à apresentação de propostas foi publicada a 20 de Julho, estando as universidades, os organismos de investigação e a indústria entre os mais de 16 mil destinatários do financiamento, sendo que será prestada particular atenção às PME, a quem é dirigido uma dotação de aproximadamente mil milhões de euros.

Algumas das áreas que irão beneficiar deste financiamento são:

  • envelhecimento activo e saudável - ajudar os mais velhos a terem uma vida activa e independente é o objectivo da primeira parceria europeia para a inovação, que combina investigação privada e pública;
  • tecnologias da informação e da comunicação - redes e infra-estruturas de serviços, nano e microsistemas, fotónica, robótica, conteúdo digital, línguas, saúde e eficiência energética;
  • projectos em colaboração entre investigadores europeus e apoio à comercialização das suas invenções e descobertas;
  • apoio aos investigadores - cerca de 10 000 investigadores receberão bolsas do programa Marie Curie, ao abrigo do qual está a ser lançado um projecto-piloto para incentivar o empreendedorismo e a cooperação entre universidades, organismos de investigação e empresas privadas;
  • desafios ambientais - alterações climáticas, perda de biodiversidade e utilização eficiente dos recursos;
  • alimentos mais seguros e saudáveis - investimento numa bioeconomia sólida e melhoramento dos métodos de produção;
  • nanotecnologias - a investigação sobre o comportamento das partículas a nível atómico e molecular poderá conduzir a novos tipos de fábricas, automóveis mais ecológicos e edifícios mais eficientes do ponto de vista energético;
  • mobilidade e transportes menos poluentes, mais seguros e mais eficientes.


A Comissão Europeia espera que a curto prazo este apoio permita a criação, a curto prazo, de cerca de 174 mil postos de trabalho e, ao longo de 15 anos, de 450 mil postos de trabalho e um impacto no crescimento do PIB europeu de 80 mil milhões de euros.

O 7.º PQ é o maior programa de financiamento da investigação do mundo, dotado de um orçamento superior a 53 mil milhões de euros (período de 2007-2013). Os Estados-Membros colocaram a investigação e a inovação no primeiro plano da agenda política europeia, adoptando a estratégia Europa 2020 e apoiando o plano de acção «União da Inovação», em Fevereiro do ano em curso, que se tornou o pilar dos planos de investimento no crescimento e no emprego sustentáveis.
Para mais informações visite o sítio web da Comissão Europeia ou da União da Inovação

Subscreva a nossa newsletter
Preencha corretamente os campos
Pesquisa
Escreva o que pretende procurar
Resultados da pesquisa
Sugerir a um amigo