Publicado a 23 de novembro de 2016

Visão da Comissão Europeia sobre a Economia Circular

Para a Comissão Europeia são as atividades económicas que podem conduzir à economia circular.

A União Europeia já está a preparar o terreno para a transição e acredita nos seguintes pressupostos:

Prolongar a vida útil dos produtos: A curta vida útil dos produtos foi, no passado, uma abordagem empresarial. Hoje, pretende-se o oposto, prolongar a vida útil dos produtos.
 
Pensar produtos para serem circulares: A conceção visando a circularidade é o ponto de partida no desenvolvimento de qualquer novo produto ou serviço no contexto da economia circular. A conceção de carros, computadores, eletrodomésticos, embalagens e muitos outros produtos tendo em vista a sua durabilidade, reutilização, reparação, transformação e reciclagem é possível.
Cooperação nas cadeias: Uma maior cooperação dentro das cadeias de fornecimento e entre estas pode reduzir os custos, os resíduos e os danos ambientais.
 
Eco inovação: Os avanços realizados no domínio da ecoinovação proporcionam novos produtos, processos, tecnologias e estruturas organizacionais.
 
Novos mercados: Algumas empresas encontrarão novos mercados ao afastarem se da venda de produtos para passarem a vender serviços e desenvolverão modelos empresariais baseados na locação, partilha, reparação, atualização ou reciclagem de componentes individuais.
Oportunidades para PME: Várias oportunidades de negócios para as PME resultarão desta nova abordagem.
 
Conheça o caso da Fairphone (www.fairphone.com) pela voz do seu fundador, que está mais preocupado com os materiais com que são feitos os smartphones do que com as aplicações ou os sistemas operativos. www.bbc.com/news/business-35094050

Subscreva a nossa newsletter
Preencha corretamente os campos
Pesquisa
Escreva o que pretende procurar
Resultados da pesquisa
Sugerir a um amigo